A virgindade Perpétua de Maria

Virgem Maria
Typography

INTRODUÇÃO


Desde o início do cristianismo Maria é venerada como “Áiepartenon”, isto é, "Sempre Virgem".

Em toda a história da Igreja isso sempre foi crido. Porém depois de 1600 e até os tempos de hoje o protestantismo nega que ela tenha permanecido virgem durante sua vida terrena. Diante disto estudo foi feito para demonstrar as provas bíblicas e Tradição milenar da Igreja, que Maria sempre foi Virgem.

Vamos dividir por tópicos.

 

1 –QUEM SÃO OS IRMÃOS DE JESUS?


 

“NÃO É ESTE O CARPINTEIRO, FILHO DE MARIA, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? E não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele.” (Marcos 6, 3).

 

Segundo o evangelista Marcos, Jesus teria 4 irmãos: Tiago, José, Judas e Simão, vamos ver quem são esses “irmãos”:

 

1.1 Tiago

 

Paulo diz que o Tiago “Irmão” de Jesus é Apóstolo:

 

Dos outros apóstolos não vi mais nenhum, a não ser Tiago, irmão do Senhor.(Gálatas 1, 19).

 

Dentre os apóstolos temos 2 Tiago’s, um filho de Zebedeu:

 

"Eis os nomes dos DOZE APÓSTOLOS: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. TIAGO, FILHO DE ZEBEDEU, E JOÃO, SEU IRMÃO. Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu. Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor" (Mt 10, 2-4).

E o outro Filho de Alfeu:

"Eis os nomes dos DOZE APÓSTOLOS: o primeiro, Simão, chamado Pedro; depois André, seu irmão. Tiago, Filho De Zebedeu, E João, Seu Irmão. Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. TIAGO, FILHO DE ALFEU, e Tadeu. Simão, o cananeu, e Judas Iscariotes, que foi o traidor" (Mt 10, 2-4).

Ora se Paulo fala que o irmão de Jesus é Apóstolos e dentre os Apóstolos temos 2 Tiago’s, um filho de Zebedeu e o outro Filho de Alfeu, como então algum destes Tiago’s poderia ser irmão carnal de Jesus, filho de Maria e José?

Mas por que Jesus tem um irmão chamado Tiago? Justamente por que Alfeu também conhecido como Cleófas segundo o historiador Hegesipo era irmão de José pai de Jesus, e ambos são filhos de HELI (Lucas 3, 23). Logo os primos eram “irmãos” seguindo a língua hebraica, apesar do Novo Testamento ser escrito em Grego o que veremos mais adiante.

1.2 - Judas

 

Judas (tadeu) “irmão” de Jesus era irmão de Tiago, como ele mesmo diz:

Judas, servo de Jesus Cristo e irmão de Tiago,..." (Judas 1,1)

Judas era também conhecido como Judas Tadeu, assim se ele é irmão de Tiago Menor, ele é também filho de Alfeu:

Filipe e Bartolomeu. Tomé e Mateus, o publicano. Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu.” (Mateus 10, 3)

Logo tanto Tiago quando Judas eram todos filhos e Alfeu (Cleófas), portanto primos de Jesus.

1.3 - José

José também é filho de Maria de Cleófas a mesma mãe de Tiago:

Havia ali também algumas mulheres que de longe olhavam; tinham seguido Jesus desde a Galiléia para o servir. Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu.” (Mat 27, 55-56)

Mais uma vez José é filho de Maria de Cleófas e irmão de Tiago (o suposto irmão carnal de Jesus).

 

1.4 - Simão

Se Tiago, José e Judas são todos filhos de Cleófas (Alfeu), a dedução lógica é que ele também é filho de  Cleófas.

Logos todos os supostos “irmãos” de Jesus, são na realidade filhos do Tio dele, abaixo um organograma para melhor entender o caso:

Eram todos de uma mesma família.

 

2 -SOBRE AS PALAVRAS “IRMÃO” E “PRIMO”, SEGUNDO O GREGO E O HEBRAICO.


 

Apesar dos Evangelhos nos darem claras provas que os supostos irmãos de Jesus na realidade eram primos, protestantes ainda argumentam que não teria por que eles serem chamados de “irmãos”, já que o Novo Testamento foi escrito em Grego, e no Grego existe a palavra “primo”.

Embora no Grego exista realmente a palavra “primo”, os escritores do NT eram hebreus e falavam Hebraico e Aramaico e escrevendo os evangelhos seguiram a lógica da sua língua materna, pois no hebraico não temos a palavra “primo”, então “Irmão” e “irmã” são usados para designar primos e outros parentes.

A palavra hebraica “há”, e a aramaica “aha”, são empregadas para designar irmãos e irmã do mesmo pai, e não da mesma mãe (Gn 37, 16; 42,15; 43,5; 12,8-14; 39-15), sobrinhos, primos, irmãos (1 Cr 23,21), primos segundos (Lv 10,4) e até parentes em geral (Jó 19,13-14; 42,11). Claro que o Novo testamento foi escrito no Grego e não no Hebraico ou Aramaico (com exceção de Mateus) e no grego temos a palavra primo que é νεψιςque pode também ser traduzida como SOBRINHO.  Contudo os autores do NT seguindo a lógica judaica usavam a palavra “irmão” (adelphos) para se referir aos primos, prova disso é que a palavra grega “primo” (ἀνεψιός) ocorre apenas 1 vez no Novo Testamento em:

Saúda-vos Aristarco, prisioneiro comigo, e Marcos, primo de Barnabé (sobre quem recebestes instruções; se ele for ter convosco, acolhei-o).” (Colossenses 4, 10)

Só que em outras traduções vem da seguinte forma:

Aristarco, que está preso comigo, vos saúda, e Marcos, o sobrinho de Barnabé, acerca do qual já recebestes mandamentos; se ele for ter convosco, recebei-o;” (Colossenses 4, 10)

Ora, não existiu nenhum primo no Novo testamento a ponto da palavra grega correspondente a “primo” ser utilizada somente uma vez, podendo também significar “sobrinho”?

Logo fica claro que nenhum autor do Novo Testamento usou a palavra grega  ἀνεψιός (primo) para se referir aos primos de Jesus, e sim seguindo a lógica do próprio hebraico usaram a palavra “adelphos” (irmão) para designar os seus primos, doutra forma seria colocar a bíblia de cabeça para baixo como fazem os protestantes com sua Tiagomania.

 

3 –OS PAIS DA IGREJA SOBRE A VIRGINDADE DE MARIA


O reconhecimento da virgindade de Nossa Senhora sempre foi professado pelos Padres da Igreja, como não poderia faltar seguem as suas menções.

São Tiago Menor  em sua Liturgia:

"Prestemos homenagem, principalmente, à Nossa Senhora, à Santíssima Imaculada, abençoada acima de todas as criaturas, a gloriosíssima Mãe de Deus, sempre Virgem Maria..." (S. jacob in Liturgia sua).

São Marcos na liturgia:

"Lembremo-nos, sobre tudo, da Santíssima, intermerata e bendita Senhora Nossa, a Mãe de Deus e sempre Virgem Maria".

Santo Hipólito de Roma (170 — 236):

"...corpo de Maria toda santa, sempre virgem, por uma concepção imaculada, sem conversão, e se fez homem na natureza, mas em separado da maldade: o mesmo era Deus perfeito, e o mesmo era o homem perfeito, o mesmo foi na natureza em Deus, uma vez perfeito e homem." (As obras e fragmentos. Fragmento VII)

Orígenes de Alexandria (185 — 253):

"Para, se Maria, como aqueles que declaram, com exaltar sua mente sã, não tinha outro filho, mas Jesus, e ainda Jesus diz para sua mãe, "Mulher, eis aí teu filho", e não "Eis que você tem esse filho também”  (Comentário ao Evangelho de João, Livro 1, 6)

E também tem muitos outros como:

São Gregório de Neocaesarea (213 — 270)

São Pedro de Alexandria (+ 311)

Santo Atanásio de Alexandria (295 — 373)

Hilário de Poitiers (300 — 368)

Santo Efrem da Síria (306 — 373)

Santo Epifânio (310 — 403)

Dídimo, o cego (313 — 398)

São Cirilo de Jerusalém (315 — 386)

Santo Ambrósio de Milão (340 — 397)

São Jerônimo (420) dedicou uma carta completa refutando alguns hereges que afirmavam que Maria não era virgem.

Uma matéria completa sobre isto pode ser lida aqui no site em:

http://apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/484-os-pais-da-igreja-sobre-a-virgindade-de-maria

Nela os leitores irão encontrar também a controvérsia protestante sobre as citações de Eusébio, a respeito de Judas que ele suspostamente diz ser irmão de Jesus “segundo a carne”.

 

4 -A MAIS ANTIGA ORAÇÃO À VIRGEM MÃE DE DEUS


Abaixo o papiro com a mais antiga oração encontrada dedicada a Maria mãe de Jesus, datada do século III:

"À vossa proteção recorremos Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5 - OS "REFORMADORES" PROTESTANTES E A VIRGINDADE DE MARIA


Ao contrário do protestantismo moderno, seu predecessores reconheciam Maria como Sempre Virgem como pode ser visto nos testemunhos a seguir retidados de um site protestante:

5.1 -Martinho Lutero (1483-1546)

"Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto" (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).

"Maria, a Mãe de Deus, não tenha sido virgem antes e depois do parto, mas tenha gerado Cristo e outros filhos com contato com José" (Weimar, tomo 11, pg. 314)

Ela [Maria]nos ensina como devemos amar e louvar a Deus, com alma despojada e de modo verdadeiramente conveniente, sem pro­curar nele o nosso interesse… Eis um modo elevado, puro e nobre de louvar: é bem próprio de um espírito alto e nobre corno o da Virgem. ” (“Maria Mãe dos homens”, Edições Paulinas, SP, p. 561).

"A bem-aventurada Virgem via Deus em tudo; não se apegava a criatura alguma; tudo, Ela o referia a Deus... Por isto é puríssima adoradora de Deus, Ela que exaltou Deus acima de todas as coisas" ( Weimar, tomo 1, pg.60s ).

5.2 - João Calvino(1509-1564)

"Professo que da genealogia de Cristo não se pode deduzir que Ele foi Filho de Davi a não ser através da Virgem" (Calvini Ópera 2,351).

"Jesus é dito primogênito unicamente para que saibamos que Ele nasceu da Virgem" (CO 45,645).

"O profeta teria feito coisa muito fria e insípida se, depois de anunciar algo de novo e insólito entre os judeus, acrescentasse: 'Uma jovem conceberá'. É assaz claro, portanto, que ele fala da Virgem, que havia de conceber não conforme as leis ordinárias da natureza, mas por graça do Espírito Santo" ( CO 36,156s).

"Quando a Virgem disse: 'Eis a Serva do Senhor', ela se ofereceu e entregou totalmente a Deus, para que se servisse dela conforme os direitos de Deus. 'Faça-se em mim': entendo estas palavras como expressão de que Maria estava persuadida do poder de Deus e voluntariamente se dispunha a atender ao seu chamado; acreditou na promessa do Senhor, cuja realização Ela não somente esperava, mas também pedia ardorosamente" ( CO 45,30).

"proclamava uma tão grande dádiva de Deus que não era lícito silenciá-la... Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade seguimo-la como mestra e obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem" ( CO 45,38).

5.3 - Zwinglio (1484-1531)

"Creio firmemente que, segundo o Evangelho, Maria, como Virgem pura, gerou o Filho de Deus e no parto e após o parto permaneceu para sempre Virgem pura e íntegra. Também acredito firmemente que ela foi por Deus exaltada acima de todas as criaturas Bem-aventuradas (homens e anjos) na eterna bem-aventurança" (Zwinglii Opera 1,424).

"Estimo grandemente a Mãe de Deus, a Virgem Maria perpetuamente casta e imaculada" ( ZO 2,189).

"Maria foi preservada de toda mancha e culpa: do pecado original, do pecado mortal e do pecado atual".

5.4 - John Wesley (1739)

Creio que [Jesus] foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.

 

CONCLUSÃO


A fé da Igreja sempre foi a mesma em todos os séculos desde os apóstolos até os dias de hoje, hereges e cismáticos tentam a todo custo mudar isso, mas como é provado na bíblia e na tradição e até mesmo com os "reformadores" protestante,  a virgindade de Maria é perpétua, não se tem como negar.

 

BIBLIOGRAFIA


MONTEIRO, Nelson. Apologistas Católicos: Os Pais da Igreja sobre a virgindade de Maria; Disponível em: <http://apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/484-os-pais-da-igreja-sobre-a-virgindade-de-maria>. Desde: 28/11/2011.

AQUINO, Felipe. Genizah Virtual: LUTERO, OS REFORMADORES E MARIA; Disponível em: <http://www.genizahvirtual.com/2010/11/lutero-os-reformadores-e-maria.html>. Desde: 01/11/2010.

 

PARA CITAR


RODRIGUES, Rafael. Apologistas Católicos: A virgindade Perpétua de Maria; Disponível em: <http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/apologetica/virgem-maria/537-a-virgindade-perpetua-de-maria>. Desde:  15/11/2012.

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS